Glossário

Abordagem extrafísica – Contato de uma consciência com outra nas dimensões extrafísicas.
Acidente parapsíquico – Distúrbio físico ou psicológico gerado por influências energéticas, interconscienciais, doentias, em geral de origem extrafísica, ou multidimen-sional.
Acoplamento áurico – Interfusão das energias holochacrais entre duas ou mais consciências.
Agenda extrafísica – Anotação por escrito da relação de alvos conscienciais extrafísicos, prioritários – seres, locais ou idéias – que o projetor projetado procura alcançar gradativamente, de maneira cronológica, estabelecendo esquemas inteligentes ao seu desenvolvimento.
Alucinação (Latim: hallucinari, errar) – Percepção aparente de objeto externo não presente no momento; erro mental na percepção dos sentidos, sem fundamento em uma realidade objetiva.
Alvo mental projetivo – Meta predeterminada que a conscin objetiva alcançar, através da vontade, intenção, mentalização e decisão, ao se ver lúcida fora do soma.
Amência consciencial – Condição da consciência incapaz de pensar com equilíbrio mental razoável.
Amparador – Consciex auxiliadora de uma conscin ou de várias conscins; benfeitor extrafísico. Expressões equivalentes, arcaicas, desgastadas e envilecidas pelo emprego continuado: anjo da guarda; anjo guardião; anjo de luz; guia; mentor.
Andaimes conscienciais – Muletas psicológicas ou fisiológicas quando dispensáveis.
Androchacra (andro  +  chacra) – O sexochacra do homem.
Andropensene (palavra composta: andro + pen + sen + ene) – Pensene específi-co da conscin masculina primitiva ou o machão.
Androssoma (andro + soma) – O corpo humano masculino ou específico do homem.
Animismo (Latim: animus, alma) – Conjunto dos fenômenos intra e extracorpó-reos produzidos pela conscin, sem interferências externas, como, por exemplo, o fe-nômeno da projeção consciente induzida pela própria vontade.
Antipensene (anti  +  pen  +  sen  +  ene) – O pensene antagônico, comum nas refutações, nos omniquestionamentos e nos debates produtivos.
Aparição intervivos – Ação do aparecimento da consciência do projetor huma-no, projetado, às conscins.
Arrastão extrafísico – Ação de um grupo de consciexes energívoras, inclusive guias extrafísicos cegos, nas dimensões paratroposféricas, com o objetivo de vampirizar as conscins, nos ambientes de comemorações ou eventos intrafísicos, que reúnem pessoas predispostas à condição da vitimização assediadora coletiva, através das energias conscienciais.
Assedialidade – Intrusão pensênica interconsciencial, doentia. Expressão equivalente, anacrônica: obsessão; há numerosas conscins que se defendem contra esta palavra.
Assim (as + sim) – Assimilação simpática de ECs, ou energias conscienciais, pela vontade, não raro com a decodificação de um conjunto de pensenes de outra(s) consci-ência(s).
Atacadismo consciencial – Sistema de comportamento individual caracterizado pela diretriz de se levar em conjunto, ou de eito, os atos conscienciais, sem deixar rastros ou gaps evolutivos, negativos, para trás.
Aura (Latim: aura, sopro de ar) orgástica – Energia holochacral do facies sexualis do homem ou da mulher no momento exato do orgasmo ou do clímax do ato sexual.
Aura peniana – Energia sexochacral em torno do pênis, notadamente quando em ereção, perceptível por qualquer pessoa motivada, em especial pelo próprio homem excitado sexualmente.
Autobilocação (Grego: autos, próprio; Latim: bis, dois; e locus, lugar) consciencial – Ato de o projetor (ou projetora) intrafísico encontrar e contemplar o próprio corpo humano (soma) frente a frente, estando a sua consciência (conscin) fora dele, sediada noutro veículo de manifestação consciencial.
Autoconsciencialidade – Qualidade do nível de autoconhecimento por parte da própria consciência; megaconhecimento.
Autoconscientização multidimensional (AM) – Condição da lucidez madura da conscin quanto à vida consciencial no estado evoluído de multidimensionalidade, alcançado através da PL, ou projetabilidade lúcida.
Auto-imperdoador – Conscin – homem ou mulher – que não se perdoa, em suas autodisciplinas, quanto aos próprios erros e omissões, a fim de eliminar as autocorrupções conscientes. Esta condição sadia se antepõe à condição, também sadia, do heteroperdoador (ou heteroperdoadora), perdoador universal, sincero, em relação a todos os seres, para sempre, um princípio básico da maxifraternidade.
Automimese existencial – Imitação, por parte da conscin, das próprias vivências ou experiências passadas, sejam do renascimento intrafísico atual ou de existências anteriores.
Automimeticidade – Qualidade consciencial da automimese existencial.
Autopensene  (auto + pen + sen + ene) – O pensene da própria consciência.
Autoprojeção – Saída da conscin para outra dimensão consciencial, através do mentalsoma, ou do psicossoma, intencional ou provocada pela vontade.
Auto-revezamento consciencial – Condição avançada em que a consciência evolui entrosando uma existência intrafísica com outra, consecutivamente (proéxis vinculadas), ao modo dos elos de uma cadeia (seriéxis), dentro do seu ciclo multiexistencial (holobiografia).

Base física – Local seguro, escolhido pela conscin para deixar o seu soma, inanimado ou repousando, enquanto se projeta conscientemente para outras dimensões conscienciais fora dele; duplódromo. Um holopensene projeciogênico domiciliar. Apresenta relação direta com: a alcova energeticamente blindada; a tenepes; o epicon; a ofiex; o projetarium; o precognitarium; e o Retrocognitarium.
Binômio admiração-discordância – Postura da conscin, madura quanto à evolução consciencial, que já sabe viver em coexistência pacífica com uma outra conscin, a quem ama e admira, e, ao mesmo tempo, não concorda sempre ou 100% com ela quanto aos seus pontos de vista, opiniões ou posicionamentos.
Binômio lucidez-rememoração – Conjunto das duas condições indispensáveis à conscin para que a mesma obtenha uma projeção lúcida (fora do soma) plenamente satisfatória.
Biopensene (bio + pen  + sen  + ene) – O pensene específico da consciência humana ou intrafísica.
Bitanatose – Desativação e descarte do holochacra, depois da dessoma, incluindo a retirada dos resquícios das conexões energéticas do holochacra no psicossoma; segunda morte; segunda dessoma.
Bradipensene (bradi + pen + sen + ene) – O pensene de fluxo vagaroso, próprio da consciência humana bradipsíquica.

Cardiochacra (cardio + chacra) – O quarto chacra básico, agente influente na emotividade da conscin, vitalizador do coração e dos pulmões.
Casal incompleto – Par de homem e mulher que não chega a formar o casal íntimo (aquele casal que pratica o ato sexual completo), contudo, mantém forte laço afetivo.
Catatonia extrafísica – Condição fixa da conscin, quando projetada, que mantém atos extrafísicos estereotipados, repetidos e, em geral, inúteis ou dispensáveis quanto à sua evolução.
Cérebro abdominal – (V. Subcérebro abdominal).
Chacra – Núcleo ou campo limitador de energia consciencial, cujo conjunto constitui basicamente o holochacra,  paracorpo energético  dentro do soma,  fazendo a junção  com o psicossoma, atuando como ponto de conexão pelo qual a energia consciencial flui de um veículo consciencial para outro. A palavra chacra é um dos nossos limites críticos neologísticos. Este autor não encontrou outro vocábulo internacional, uninominal, mais adequado, ou ideal, para colocar em seu lugar e combater o preconceito filosófico existente a seu respeito (seus derivados e cognatos). O que importa, leitor ou leitora, antes de tudo, neste contexto, é o conteúdo ideático e não a forma lingüística. Vivemos na deficienciolândia, mas a evolução consciencial prossegue com a Holochacralogia.
Ciclo mentalsomático – O ciclo ou curso evolutivo da consciência que se inicia na sua condição de CL, ou Consciência Livre, em que desativa definitivamente o seu psicossoma (terceira dessoma) e vive tão-só com o mentalsoma.
Ciclo multiexistencial – Sistema ou condição de alternância contínua, em nosso nível evolutivo médio, de um período de renascimento intrafísico (seriéxis) com outro período pós-destivação somática, extrafísico, ou a intermissão.
Clima interconsciencial – Condição do multientendimento em um encontro interconsciencial, estabelecida através de pensenes afinizados, especialmente carregados nas ECs, ou energias conscienciais. Há climas, climinhas e climões interconscienciais.
Co-epicon – Amparador que trabalha com a conscin, epicon praticante veterano, em suas tarefas energéticas pessoais, seja na condição de seu colega nas práticas diárias da tenepes ou na assistência constante às consciexes recolhidas em sua ofiex.
Compensação intraconsciencial – Técnica conscienciométrica fundamentada no emprego maior de um atributo consciencial, mais desenvolvido (trafor), sobre outro, ou outros atributos conscienciais menos desenvolvidos (trafares) no microuniverso da conscin.
Compléxis (comple + exis) – Condição da completude existencial da proéxis da cons-ciência humana.
Comunicologia – Área ou especialidade da Conscienciologia que estuda a comunicabilidade da consciência de todas as naturezas e formas, inclusive a comunicação interconsciencial entre as dimensões conscienciais, considerando a projetabilidade consciencial lúcida e as abordagens da consciência “inteira” (holossoma, holobiografia, holomemória).
Comunidade extrafísica – Reunião e vida em comum de consciexes em uma dimensão extrafísica.
Con – Unidade hipotética de medida do nível de lucidez da conscin ou da consciex.
Concentração consciencial – Estado da focalização direta, sem desvios, dos sentidos, atributos conscienciais, vontade e intenção da consciência sobre um só objeto.
Confor (con + for) – Interação do conteúdo (idéia, essência) com a forma (apresentação, linguagem) nos processos da comunicação interconsciencial (comunicologia).
Consciência (Latim: con + scientia, com conhecimento) livre (CL) – Consciência – ou melhor: consciex – que se libertou definitivamente (desativação) do psicossoma ou paracorpo emocional, e das fieiras das seriéxis, situada na hierarquia evolutiva depois do Homo sapiens serenissimus.
Conscienciês – Idioma telepático, não simbólico, nativo nas dimensões conscienciais das Sociexes muito evoluídas.
Conscienciocentrismo – Filosofia social que centraliza os seus objetivos na consciência em si, e em sua evolução, especialidade da Conscienciologia, sob o nome de Conscienciocentrologia, que estuda a criação e a manutenção da instituição conscienciocêntrica ao modo de uma cooperativa consciencial, dentro da Socin Conscienciológica, com base nos vínculos empregatício e consciencial.
Conscienciograma – Planilha técnica das medidas avaliativas do nível de evolução da consciência; megateste consciencial que tem por modelo o Homo sapiens serenissimus, responsável por uma conta corrente egocármica positiva. Instrumento básico empregado nos testes conscienciométricos.
Conscienciologia – Ciência que estuda a consciência de modo integral, holossomático, multidimensional, multimilenar, multiexistencial e, sobretudo, conforme as suas reações perante as EIs e as ECs, bem como em seus múltiplos estados.
Conscienciólogo (a) – Conscin empenhada no estudo permanente e na experimentação objetiva, dentro do campo de pesquisas da Conscienciologia, na qualidade de agente de renovações evolutivas (agente retrocognitor), no trabalho libertário das consciências em geral.
Conscienciometria – Disciplina ou área que estuda as medidas conscienciológicas, ou da consciência, através dos recursos e métodos oferecidos pela Conscienciologia, capazes de assentar as bases possíveis da matematização da consciência. Instrumento principal: conscienciograma.
Consciencioterapia – Especialidade que estuda o tratamento, alívio ou remissão de distúrbios da consciência, executados através dos recursos e técnicas derivados da Conscienciologia.
Consciex (consci + ex) – Consciência extrafísica; o paracidadão ou paracidadã da Sociex. Sinônimo envilecido pelo uso: desencarnado.
Conscin (consci + in) – Consciência intrafísica; a personalidade humana; o cidadão ou cidadã da Socin. Sinônimo envilecido pelo uso: encarnado.
Continuísmo consciencial – Condição da inteireza – sem brechas – na continuidade da vida consciencial através da previsão providencial e do auto-revezamento evolutivo, ou seja: a emenda desta vivência do momento, às vivências imediatamente anterior e posterior, incessantemente, em um todo coeso e único, sem solução de continuidade nem experiências conscienciais estanques.
Contracorpo – O mesmo que holochacra, o veículo específico da EC da conscin.
Contrapensene (contra + pen + sen + ene) – Pensene intraconsciencial da conscin;  refutação mental muda; palavra mental; o pensene mudo; um tipo de intrapensene.
Copensene (co  +  pen  +  sen  +  ene) – O pensene da coopção específica do coro, dos rezadores em grupo e das multidões.
Co-projetor – Amparador que trabalha conjuntamente com a conscin no desenvolvimento das suas projeções conscienciais, lúcidas, assistidas.
Cordão de ouro – Suposto elemento energético – à semelhança de um controle remoto – que mantém o mentalsoma ligado ao paracérebro do psicossoma.
Coronochacra (corono + chacra) – O chacra da área do sincipúcio, coroa o holochacra.
Cosmoconsciência – Condição ou percepção interior da consciência do cosmo, da vida e da ordem do Universo, em uma exaltação intelectual e cosmoética impossível de se descrever, quando a consciência sente a presença viva do Universo e se torna una com ele, em uma unidade indivisível. Há comunicação interconsciencial nesta condição peculiar.
Cosmoética (cosmo + ética) – Ética ou reflexão sobre a moral cósmica, multidimensional, que define a holomaturidade, situada além da moral social, intrafísica, ou que se apresenta sob qualquer rótulo humano. É uma especialidade da Conscienciologia.
Cosmoeticidade – Qualidade cosmoética da consciência.
Cosmopensene (cosmo + pen + sen + ene) – Pensene específico do conscienciês ou do estado da cosmoconsciência; forma de comunicação do conscienciês.
Co-terapeuta – Amparador que trabalha conjuntamente com a conscin consciencioterapeuta no desenvolvimento dos procedimentos técnicos assistenciais da consciencioterapia aos seus pacientes.
Curso grupocármico – Conjunto dos estágios da consciência dentro do grupo consciencial evolutivo.
Curso intermissivo – Conjunto de disciplinas e experiências teáticas administradas à consciex, depois de determinado nível evolutivo, durante o período da intermissão consciencial, dentro do seu ciclo de existências pessoais, objetivando o completismo consciencial (compléxis) da próxima seriéxis.

Dermatologias da consciência – Expressão composta atribuída às Ciências convencionais, fisicalistas, subordinadas ao paradigma newtoniano-cartesiano, mecani-cista, que centram as suas pesquisas tão-somente no soma, porque não dispõem da instrumentalidade necessária para as investigações técnicas, diretas, da consciência em si; dermatologias da conscin; ciências peri-conscienciais.
Desassim (desas + sim) – Desassimilação simpática de ECs exercida pela impulsão da vontade, normalmente através do EV.
Descoincidência vígil – Condição parapsíquica da conscin – projetor ou projetora – em que a mesma se percebe com o psicossoma fora do estado da coincidência, em plena vigília física ordinária, sem se sentir completamente integrada ao soma, gerando a intensificação de parapercepções e fenômenos energéticos e parapsíquicos.
Desperticidade – Qualidade consciencial do ser desperto.
Desperto  (des + per + to) – Ser intrafísico, ou conscin, desassediado, perma-nente, total, plenamente autoconsciente da sua qualidade de desperticidade.
Dessoma  (des + soma) – Desativação somática, próxima e inevitável para todas as conscins; projeção final; primeira morte; morte biológica; monotanatose. A dessoma (simplesmente) ou primeira dessoma é a desativação do corpo humano ou soma. A segunda dessoma é a desativação do holochacra. A terceira dessoma é a desativação do psicossoma.
Dessomática – Estudo dos contextos físicos da dessoma e dos contextos psicológicos, sociais e médico-legais relacionados com a desativação do soma. É um especialidade da Conscienciologia.
Devaneio – Enredo fantasioso criado pela imaginação durante o estado da vigília física ordinária da consciência humana.
Dimener (dime + ener) – Dimensão energética das consciências; dimensão holochacral; dimensão três-e-meio. Dimensão natural do holochacra.
Dupla evolutiva – Duas consciências que interagem positivamente em evolução conjunta; condição existencial de evolutividade intercooperativa a dois.

Ectopia consciencial – Execução insatisfatória da proéxis, de maneira excêntrica, deslocada, fora do roteiro programático escolhido para a própria vida intrafísica.

Egocarma (ego + carma) – Princípio de causa e efeito, atuante na evolução da consciência, quando centrado exclusivamente no ego em si. Estado do livre-arbítrio preso ao egocentrismo infantil. A palavra carma é outro dos nossos limites críticos neologísticos. Este autor não encontrou outro vocábulo internacional, uninominal, mais adequado, ou ideal, para colocar em seu lugar e combater o preconceito científico existente a seu respeito (seus derivados e cognatos).
O que importa, leitor ou leitora, antes de tudo, neste contexto, é o conteúdo ideático e não a forma lingüística. Vivemos na deficienciolândia, mas a evolução consciencial prossegue com a Holocarmalogia.
Egopensene (ego + pen + sen + ene) – O mesmo que autopensene; a unidade de medida do egoísmo consciencial, segundo a Conscienciologia, ou, mais apropriadamente, a Conscienciometria.
Encapsulamento Parassanitário – Isolamento assistencial e a anulação energética, temporária, das manifestações pensênicas – notadamente energéticas, intrusivas ou assediadoras – de uma ou mais consciências, conscins e/ou consciexes, enfermas, ao modo dos isolamentos sanitários existentes nos hospitais de doenças infecto-contagiosas com internados que apresentam alto poder de contaminação doentia, radiativa ou tóxica.
Energia consciencial (EC) – A energia imanente que a consciência emprega em suas manifestações em geral; o ene do pensene.
Energia imanente (EI) – Energia primária, vibratória, essencial, multiforme, impessoal, difusa e dispersa em todos os objetos ou realidades do Universo, de modo onipotente, ainda indomada pela consciência humana, e demasiadamente sutil para ser descoberta e detectada pelos atuais instrumentos tecnológicos.
Enumerologia – Técnica didática de feitura e processamento de textos, centrada na autocrítica informativa.
Epicon (epi + con) – Epicentro consciencial; conscin-chave do epicentrismo operacional, que se torna um fulcro de lucidez, assistencialidade e construtividade interdimensional, através da ofiex. Tem relação direta com a tenepes ou a tarefa energética pessoal.
Era consciencial – Aquela na qual a média das conscins encontrar-se-á suficientemente evoluída, através dos impactos, redefinições e revoluções criadas pela vivência da projetabilidade lúcida (PL), implantando-se o primado da autoconsciencialidade.
Estado de animação suspensa – Aquele no qual a conscin tem suspensas, temporariamente, as funções vitais essenciais do seu corpo celular, retornando, depois, às suas condições fisiológicas normais, em certos casos sem ocorrer quaisquer danos à sua saúde, sobrevivendo as células em metabolismo de hibernação humana.
Estado vibracional (EV) – Condição técnica de dinamização máxima das energias do holochacra, através da impulsão da vontade.
Estigma assediador – Um insucesso, sempre dramático, em geral patológico, ou uma derrota evolutiva, assentada, em geral, em uma auto-obcecação consciencial geradora da melin ou da melex. Muitas vezes, resulta em acidentes parapsíquicos.
Euforex (eufor + ex) – Condição de euforia extrafísica, após a desativação somática, gerada pelo cumprimento razoável da proéxis; euforia post-mortem; para-euforia; euforia pós-somática.
Euforin (eufor + in) – Condição da euforia intrafísica, antes da desativação somática gerada pelo cumprimento razoável da proéxis; euforia pré-mortem. Condição predisponente ideal à moréxis positiva.
Eunuco de bases conscienciais – Conscin castrada e manipulada cons-ciencialmente pelos sectários, domesticadores dos robôs satisfeitos, os escravos modernos da massa impensante.
Evoluciologia – Especialidade da Conscienciologia que estuda a evolução da consciência abordada de modo integral, em alto nível, matéria adstrita especificamente ao evoluciólogo ou orientador evolutivo.
Evoluciólogo – Consciência coadjutora da coordenação inteligente da proéxis (progra-mação existencial) ou da evolução consciencial de uma ou mais consciências, do mesmo grupocarma. Expressão mais adequada do que orientador evolutivo.
Existência holochacral – Vida intrafísica ou a seriéxis da consciência humana.
Existência trancada –  Vivência  humana  ou  da seriéxis sem a produção de PCs; vida humana troposférica somente com projeções inconscientes, vegetativas, características do estado do paracoma evolutivo; seriéxis trancada.
Experiência da Quase-Morte (EQM) – Ocorrência projetiva, involuntária ou forçada por circunstâncias humanas, críticas, da consciência humana, comum a doentes terminais, pacien-tes morituros e sobreviventes da morte clínica.
Extrafísico – Relativo àquilo que esteja fora, ou além, do estado intrafísico ou humano; estado consciencial menos físico do que o soma.

Fenômeno concomitante à PC – O que ocorre no continuum espaço-tempo ou não, mas simultaneamente com o desenvolvimento da experiência da projeção consciente, de modo espontâneo e inesperado.
Fenômeno projetivo – Ocorrência parapsíquica específica do âmbito de pesquisa da Projeciologia.
Fitopensene (fito + pen + sen + ene) – O pensene rudimentar da planta; a unidade léxica da planta, segundo a Conscienciologia.

Geoenergia (geo + energia) – Energia imanente  (EI)  proveniente do solo ou da terra e absorvida pela conscin através da pré-kundalini. Expressão arcaica: energia telúrica.
Gestação consciencial – Produtividade evolutiva, útil, da consciência humana, dentro do quadro de obras pessoais da programática da sua proéxis.
Ginochacra (gino  + chacra) – O sexochacra da mulher.
Ginopensene (gino + pen + sen + ene) – O pensene espe¬cífico da linguagem e comunicabilidade feminina.
Ginossoma (gino + soma) – O corpo humano feminino ou específico da mulher, especializado na reprodução animal da vida intrafísica da conscin; o corpo afrodisíaco.
Grafopensene (grafo + pen + sen + ene) – A assinatura pensênica da consciência humana ou intrafísica.
Grecex (gr + rec + ex) – Grupo de reciclantes existenciais; reunião e vivência intrafísica, conjunta, em grupo, objetivando a experiência das recéxis planificadas. Plural: grecexes.
Grinvex (gr + inve + ex) – Grupo de inversores existenciais; reunião e vivência intrafísica, conjunta, em grupo, objetivando a experiência das invéxis planificadas. Plural: grinvexes.
Grupalidade – Qualidade do grupo evolutivo da consciência; condição da evolutividade em grupo.
Grupocarma (grupo + carma) – Princípio de causa e efeito, atuante na evolução da consciência, quando centrado no grupo evolutivo. Estado do livre-arbítrio individual, quando ligado ao grupo evolutivo.
Grupopensene (grupo + pen + sen + ene) – O pensene sectário, corporativista e antipolicármico; mas o grupopensene pode ser também construtivo.
Guia-cego ou Guia-amaurótico – Consciência amoral ou inexperiente que ajuda outra consciência, de modo anticosmoético, segundo os seus interesses egóicos do momento, em detrimento de outras.

Heteropensene (hetero + pen + sen + ene) – O pensene de outrem em relação a nós.
Hiperacuidade – Qualidade da lucidez máxima da conscin alcançada pela recuperação – que lhe é possível – dos cons.
Hiperespaços conscienciais – Dimensões conscienciais extrafísicas.
Hiperpensene (hiper + pen + sen + ene) – O pensene heurístico; a idéia original da descoberta; o pensene neofílico; a unidade de medida da invenção, segundo a Conscienciometria.
Hipnagogia (Grego: hipnos, sono; e agogós, condutor) – Condição crepuscular de transição da consciência entre o estado da vigília física ordinária e o estado do sono natural. É um estado alterado da consciência.
Hipnopompia (Grego: hipnos, sono; e pompikós, procissão) – Condição de transição do sono natural, introdutória ao despertamento físico, no semi-sono que procede o ato de acordar, caracterizada por imagens oníricas com efeitos auditivos e visões alucinatórias que subsistem após o despertar. É um estado alterado da consciência.
Hipopensene (hipo + pen + sen + ene) – O mesmo que protopensene ou fitopensene.
Holocarma (holo + carma) – Reunião dos 3 tipos de ações e reações conscienciais – egocarma, grupocarma e policarma – dentro dos princípios de causa e efeito, atuantes na evolução da consciência.
Holochacra (holo + chacra) – Paracorpo energético da consciência humana.
Holochacralidade – Qualidade das manifestações da conscin derivadas do holochacra ou corpo energético.
Holomaturidade (holo + maturidade) – Condição da maturidade integrada – biológica, psicológica, holossomática e multidimensional  –  da consciência humana.
Holomemória (holo +  memória) – Memória causal, composta, multimilenar, multiexistencial, implacável, ininterrupta, pessoal, que retém todos os fatos relativos à consciência; multimemória; polimemória.
Holopensene (holo + pen + sen + ene) – Pensenes agregados ou consolidados. Sinônimo envilecido pelo uso: egrégora. Esta palavra gera resistência em larga faixa dos leitores sérios das ciências.
Holopensene domiciliar – Base física; alcova energeticamente blindada; ofiex.
Holorgasmo (holo + orgasmo) – Orgasmo holossomático; êxtase máximo gerado pelas energias de todo o holossoma.
Holossoma (holo + soma) – Conjunto dos veículos de manifestação da conscin: soma, holochacra, psicossoma e mentalsoma; e da consciex: psicossoma e mentalsoma.
Holossomática – Estudo específico do holossoma. É uma especialidade da Conscienciologia.
Homeostase holossomática – Estado integrado, hígido, de harmonia do holossoma.
Homo sapiens serenissimus – Consciência quando na vivência integral da condição do serenismo lúcido. Sinônimo de emprego popular: Serenão.
Homopensene (homo + pen + sen + ene) – O pensene da emissão e da recepção telepática; a unidade de medida na telepatia, segundo a Conscienciometria.

Incompléxis (in + comple + exis) – Condição existencial da proéxis incompleta da consciência humana.
Instituição conscienciocêntrica – Aquela que centraliza seus objetivos na consciência em si, e em sua evolução, ao modo do Instituto Internacional de Projeciologia e Conscienciologia (IIPC), do Centro de Altos Estudos da Consciência (CEAEC), da International Academy of Conscientiology (IAC) e da Associação Internacional para Evolução da Consciência (ARACÊ); cooperativa consciencial, dentro da Socin Conscienciológica, com base nos vínculos empregatício e consciencial.
Interfusão holossomática – Estado das assins máximas entre duas consciências.
Intermissão – Período extrafísico da consciência entre duas das suas seriéxis pessoais.
Intermissão pós-somática – Período extrafísico da consciência imediato à sua desativação somática.
Intermissão pré-somática – Período extrafísico da consciência anterior ao seu renascimento intrafísico.
Intermissibilidade – Qualidade do período de intermissão de uma consciência.
Interprisão grupocármica – Condição da inseparabilidade grupocármica do princípio consciencial evolutivo ou consciência.
Intraconsciencialidade – Qualidade das manifestações específicas da intimidade da consciência.
Intrafisicalidade – Condição da vida intrafísica, humana, ou da existência da consciência humana.
Intrapensene  (intra + pen + sen + ene) – Pensene intraconsciencial da consciência humana.
Intrusão energética – Invasão de uma consciência em outra através das ECs ou do holochacra.
Intrusão espermática – Introdução do esperma de um homem no sexossoma da mulher, durante o ato sexual.
Intrusão holochacral – Invasão de uma conscin em outra através do holochacra; intrusão energética.
Intrusão holossomática – Invasão de uma consciência em outra através de todo o holossoma.
Intrusão interconsciencial – Ação exercida por uma consciência sobre outra.
Intrusão mnemônica – Colisão da memória intrusiva de uma consciex assediadora sobre a memória cerebral ou biomemória de uma conscin assediada (paramnésia).
Intrusão pensênica – Invasão de uma consciência em outra através do mentalsoma.
Intrusão psicossomática – Invasão de uma consciência em outra através da emocionalidade, ou pelo psicossoma.
Intrusão volitiva – Invasão da vontade de uma consciência em outra através da hetero-sugestão ou heterohipnose.
Inversor existencial – Conscin que se dispõe a executar a invéxis na vida intrafísica.
Invexibilidade – Qualidade da execução intrafísica da invéxis.
Invéxis (inve + exis) – Técnica da inversão existencial executada pela consciência humana ou intrafísica.

Macro-PK destrutiva – Psicocinesia ou PK (psychokinesis) nociva, capaz de acarretar prejuízos à conscin, podendo estes, inclusive, serem fatais ao soma.
Macrossoma (macro + soma) – Soma fora-de-série ou supermaceteado para a execução de uma proéxis específica.
Mandato pré-intrafísico – Programação existencial para a vida humana planejada antes do renascimento intrafísico da consciência; proéxis.
Materpensene (mater + pen + sen + ene) – Idéia-mãe ou a matriz de todo um desenvolvimento de tese, teoria ou ensaio, o leitmotiv, o pilar mestre ou o pensene predominante em um holopensene.
Maturidade integrada – Estado da maturidade consciencial mais evoluída, além da maturidade biológica ou física, e da maturidade mental ou psicológica; holomaturidade.
Maxifraternidade – Condição interconsciencial, universalista, mais evoluída, fundamentada na fraternidade pura da consciência auto-imperdoadora e heteroperdoadora, meta inevitável na evolução de todas as consciências. Sinônimo: Megafraternidade.
Maximoréxis (maxi + mor + exis) – Condição da moréxis existencial – a maior – ou quando vem para a conscin completista, na qualidade de acréscimo ou adendo (base superavitária), quanto ao compléxis da sua proéxis; portanto, a execução de um extra sadio de um mandato existencial concluído.
Maxipensene (maxi + pen + sen + ene) – O pensene peculiar às CLs ou Consciências Livres.
Maxiprimener (maxi + prim + ener) – Condição da primavera energética máxima ou prolongada.
Maxiproéxis (maxi + pro + exis) – Programação existencial máxima, por atacado, ou visando à execução de tarefa na vivência do universalismo e da maxifraternidade, com bases policármicas.
Megameta – O objetivo maior da auto-evolução para a consciência.
Megapensene (mega + pen + sen + ene) – O mesmo que ortopensene.
Megapoder – A condição evoluída de lucidez magna, cosmoética, da consciência.
Megatrafar (mega + tra + far) – O trafar máximo da consciência.
Megatrafor (mega + tra + for) – O trafor máximo da consciência.
Melex (mel + ex) – Condição da  melancolia extrafísica,  pós-somática  ou  post-mortem; paramelancolia.
Melin (mel + in) – Condição da melancolia intrafísica ou  pré-mortem.
Mentalsoma (mental + soma) – Corpo mental; o paracorpo do discernimento da consciência. Plural: mentaissomas.
Metassoma (meta + soma) – O mesmo que psicossoma, instrumento extrafísico de consciexes e conscins.
Microuniverso consciencial – A consciência considerada de per si, como um todo, englobando todos os seus atributos, pensenes e manifestações no desenvolvimento da sua evolução. O microcosmo da consciência em relação ao macrocosmo do Universo.
Mimese cosmoética – Impulso social produtivo de imitação dos antepassados evoluídos da conscin.
Minimoréxis (mini + mor + exis) – Condição da moratória existencial – a menor – ou quando vem para a conscin incompletista ressarcir o seu deficit holocármico (base deficitária) ou concluir a condição do compléxis quanto à sua proéxis; portanto, o acabamento de um mandato existencial ainda inconcluso.
Minipensene (mini  +  pen  +  sen  +  ene) – O pensene específico da criança, às vezes em função do cérebro ainda em desenvolvimento.
Miniprimener (mini + prim + ener) – Condição da primavera energética mínima ou efêmera.
Miniproéxis (mini + pro + exis) – Programação existencial mínima, a varejo, ou objetivando a execução de uma tarefa mínima, ainda grupocármica.
Mnemossoma (mnemo + soma) – O soma considerado especificamente quanto à memória da consciência, em todas as suas formas.
Monitoria extrafísica – Condição da assistência de consciexes sadias em favor da conscin equilibrada, quando esta desempenha tarefa da consolação ou do esclarecimento, também equilibrada.
Monodotação consciencial – Vida intrafísica sob a pressão de assédios constantes de seres doentios experienciada pela conscin medíocre, de poucos talentos, sem versatilidade.
Monopensene (mono  + pen  + sen  + ene) – O pensene repetitivo; o monoideísmo; a idéia fixa; o eco mental; repensene.
Monotanatose – O mesmo que dessoma; primeira dessoma.
Moréxis (mor + exis) – Condição da moratória existencial, ou um complemento de vida intrafísica, facultado a determinadas conscins, conforme o seu mérito holocármico. A moréxis pode apresentar uma base deficitária – a menor – minimoréxis; ou superavitária – a maior – maximoréxis, quanto aos resultados da proéxis.
Morfopensene (morfo + pen + sen + ene) – O pensamento ou um conjunto de pensamentos quando reunidos e se expressando, de algum modo, como uma forma. Expressão arcaica,  agora em desuso:  forma-pensamento.  A acumulação  de morfopensenes compõe o holopensene.
Multicompléxis (multi + compl + exis) – Multicompletismo existencial ou o compléxis obtido através da execução de várias programações existenciais (proéxis) em diversas vidas intrafísicas (seriéxis) consecutivas.

Neofilia – Adaptação fácil da conscin às situações, coisas e acontecimentos no-vos. Oposto de neofobia.
Neopensene (neo + pen + sen + ene) – O pensene da conscin, quando se manifesta através de novas sinapses ou conexões interneuroniais, capaz de criar a recin ou a reciclagem intraconsciencial; a unidade de medida da renovação consciencial, segundo a Conscienciologia, ou, mais apropriadamente, a Conscienciometria.

Ofiex (ofi + ex) – Oficina extrafísica do epicon intrafísico (praticante da tenepes). Os recursos e instalações extrafísicas da ofiex são múltiplos e sur¬preendentes. Um holopensene domiciliar.
Oniropensene (oniro + pen + sen + ene) – O mesmo que patopensene.
Orientador Evolutivo – Consciência coadjutora da coordenação inteligente da proéxis, ou da evolução consciencial de uma ou mais consciências, do mesmo grupocarma. Condição evolutiva entre o ser desperto e o Serenão. O mesmo que evoluciólogo.
Ortopensene (orto + pen + sen + ene) – O pensene reto ou cosmoético, próprio da holomaturidade consciencial; a unidade de medida da cosmoética prática, segundo a Conscienciometria.

Pangrafia – Escrita parapsíquica multímoda, abrangente e sofisticada.
Para – Prefixo que significa além de, ao lado de, como em paracérebro. Significa, também, extrafísico.
Paracérebro – Cérebro extrafísico do psicossoma da consciência nos estados extrafísico (consciex), intrafísico (conscin) e projetado, quando através do psicossoma.
Paracomatose consciencial – Estado de coma extrafísico da conscin, quando projetada, que permanece invariavelmente inconsciente e, portanto, sem rememorações extrafísicas.
Paradigma consciencial – Teoria-líder da Conscienciologia fundamentada na própria consciência.
Parafisiologia – Fisiologia dos veículos de manifestação da consciência, excluído o corpo humano ou soma. É uma especialidade da Conscienciologia.
Paragenética – A genética adstrita às heranças da consciência, através do psicossoma, da vida anterior ao embrião humano. É uma especialidade da Conscienciologia.
Para-homem – Consciex com visual de homem ou conscin homem projetada. Expressão sinônima, desgastada e envilecida pelo uso: entidade espiritual masculina.
Paramulher – Consciex com visual de mulher ou conscin mulher projetada. Expressão sinônima, desgastada e envilecida pela uso: entidade espiritual feminina.
Parapatologia – Patologia dos veículos de manifestação da consciência, excluído o corpo humano ou soma. É uma especialidade da Conscienciologia.
Parapensene (para + pen + sen + ene) – O pensene específico da consciex ou consciência extrafísica.
Passes-para-o-escuro – Expressão popular para significar a transmissão técnica, diária, de energias conscienciais, ou ECs, por uma conscin, diretamente a consciexes, conscins projetadas, ou no estado da vigília física ordinária, com assistência permanente de amparadores. Expressão técnica:  tenepes (tarefa energética pessoal).
Patopensene (pato + pen + sen + ene) – O pensene patológico ou da amência consciencial; o pecadilho mental; a vontade patológica; a intenção doentia; a ruminação cerebral.
Pensen (pen + sen) – Pensamento e sentimento.
Pensene (pen + sen + ene) – Unidade de manifestação prática da consciência, segundo a Conscienciologia, que considera o pensamento ou idéia (concepção), o sentimento ou a emoção e a EC (energia consciencial) em conjunto, de modo indissociável.
Pensenedor – Instrumento pelo qual a consciência manifesta os seus pensamentos e atos. No caso específico da conscin, o pensenedor fundamental é o soma.
Pensenidade – Qualidade da consciência pensênica de alguém.
Podossoma (podo + soma) – O soma considerado especificamente quanto à aplicação dos pés ou o trabalho com os pés, por exemplo, o do jogador de futebol.
Policarma (poli + carma) – Princípio de causa e efeito, atuante na evolução da consciência, quando centrado no senso e vivência da maxifraternidade cósmica, além do egocarma
e do grupocarma.
Porão consciencial – Fase de manifestação infantil e adolescente da conscin, até chegar ao período da adultidade, caracterizada pelo predomínio dos trafares mais primitivos da consciência multiveicular, multiexistencial e multimilenar.
Pré-casal – Condição inicial, preliminar ou de tateios, da sexualidade humana prática dentro da Socin.
Precognição (Latim: pre, antes; cognoscere, conhecer) extrafísica – Faculdade perceptiva pela qual a consciência, plenamente projetada para fora do corpo humano, fica conhecendo fatos indeterminados vindouros, inclusive objetos, cenas e formas distantes, no tempo futuro.
Precognitarium – Base física preparada tecnicamente para a produção de PCs pré-cognitivas.
Pré-kundalini – Chacra secundário plantar. Há 2 plantochacras no holossoma da conscin. Expressão própria da Conscienciologia.
Pré-serenão – Conscin, ou consciex, que ainda não vive o serenismo lúcido.
Pré-serenão intrafísico alternante – Conscin capaz de viver consciente, ao mesmo tempo, no estado da vigília física ordinária e projetada, de quando em quando, em dimensões extrafísicas.
Primener (prim + ener) – Primavera energética; condição pessoal, mais ou menos duradoura, de apogeu das ECs sadias e construtivas.
Primener a dois – Primavera energética da dupla evolutiva, cujos parceiros se amam de fato e dominam as aplicações das ECs sadias, com inteira lucidez, construindo as suas proéxis através de gestações conscienciais.
Primopensene (primo + pen + sen + ene) – O mesmo que causa primária do Universo; o primeiro pensamento que foi composto. Este vocábulo não tem plural.
Princípios pessoais – Conjunto de valores e iniciativas norteadores da vida consciencial, escolhido pela consciência, a partir da holomaturidade, multidimensionalidade e cosmoética vivida.
Proéxis (pro + exis) – Programação existencial específica de cada conscin em sua seriéxis, no caso, a existência intrafísica.
Proéxis avançada – Programação existencial da conscin, líder evolutiva, dentro de uma tarefa libertária específica do grupocarma, mais universalista e policármica, onde é minipeça lúcida e atuante dentro do maximecanismo da equipe multidimensional.
Projeção consciente (PC) – Projeção da conscin para além do soma; experiência extracorpórea.
Projeção consciente assistida – Aquela pela qual a conscin vê-se assistida durante o experimento, de modo direto, por um amparador, quase sempre perito em projetabilidade lúcida (PL).
Projeção semiconsciente (PSC) – Experiência onírica em que a conscin projetada se reconhece lúcida em parte, de modo desordenado. Não é uma projeção consciencial ideal; sonho lúcido.
Projeciocrítica – Crítica projeciológica. É uma especialidade da Conscienciologia.
Projeciografia – Estudo técnico dos registros projeciológicos. É uma especialidade da Conscienciologia.
Projeciologia (Latim: projectio, projeção; grego: logos, tratado) – Ciência que estuda as projeções da consciência e seus efeitos, inclusive as projeções das ECs para fora do holossoma. É uma especialidade da Conscienciologia.
Projecioterapia – Ciência das profilaxias e terapias derivadas das pesquisas e técnicas da Projeciologia.
Projetabilidade lúcida (PL) – Qualidade parafisiológica, projetiva, lúcida, da consciência, capaz de descoincidir-se ou tirar os seus veículos de manifestação da condição de alinhamento do holossoma, inclusive através da impulsão da própria vontade.
Projetarium – Base física preparada tecnicamente para a produção das PCs.
Protopensene (proto + pen + sen + ene) – O pensene mais rudimentar; o mesmo que fitopensene ou hipopensene.
Psicossoma (Grego: psyckhé, alma; soma, corpo) – Paracorpo emocional da consciência; o corpo objetivo da conscin.

Quirossoma (quiro + soma) – O soma considerado especificamente quanto à aplicação das mãos ou o trabalho manual.

Recesso projetivo – Fase existencial da conscin caracterizada pela cessação espontânea – temporária quase sempre – das experiências projetivas lúcidas, dentro de uma seqüência de experimentos intensivos.
Recexibilidade – Qualidade da execução intrafísica da recéxis.
Recéxis (rec + exis) – Técnica da reciclagem existencial executada pela consciência humana.
Reciclante existencial – Conscin que se dispõe a executar a recéxis.
Recin (reci + in) – A reciclagem intrafísica, existencial, intraconsciencial ou a renovação cerebral da conscin através da criação de novas sinapses ou conexões interneuroniais capazes de permitir o ajuste da proéxis, a execução da recéxis, a invéxis, a aquisição de idéias novas, os neopensenes, os hiperpensenes e outras conquistas neofílicas da consciência humana automotivada.
Repensene  (re + pen + sen + ene) – O pensene repetido. O mesmo que monopensene, idéia fixa ou monoideísmo.
Repercussões parapsicofísicas – Reações entre 2 veículos de manifestação consciencial, durante o ato de entrarem em contato entre si, tanto entre veículos diferentes de uma consciência, ou entre veículos semelhantes de duas ou mais consciências. Tais repercussões podem ser intrafísicas e extrafísicas.
Retrocognição (Latim: retro, atrás; cognoscere, conhecer) – Faculdade perceptiva pela qual a conscin fica conhecendo fatos, cenas, formas, objetos, sucessos e vivências pertencentes ao tempo passado distante, comumente relacionados com a sua holomemória.
Retrocognitarium – Base física preparada tecnicamente para a produção de projeções conscientes (PCs) retrocognitivas.
Retropensene (retro + pen + sen + ene) – O pensene específico das auto-retrocognições; o mesmo que o engrama da Mnemotécnica; a unidade de medida das retrocognições, segundo a Conscienciometria.
Robéxis (rob + exis) – Robotização existencial; condição da conscin troposférica, excessivamente escravizada à intrafisicalidade ou quadridimensionalidade.
Romance extrafísico – Conjunto dos atos pelos quais a conscin namora ou mantém um caso afetivo sadio ou positivo, estando projetada fora do soma.

Sedução holochacral – Ação energética, com intenção dominadora mais ou menos consciente, de uma consciência sobre outra(s).
Sene (sen + ene) – Sentimento e energia consciencial.
Serenão – Nome popular do Homo sapiens serenissimus.
Serialidade – Qualidade da consciência sujeita às seriéxis.
Seriéxis (seri + exis) – 1. Seriação existencial evolutiva da consciência; existên-cias sucessivas; renascimentos intrafísicos em série.  2. Vida humana ou intrafísica. Sinônimo desgastado pelo uso excessivo para a primeira acepção: reencarnação; esta palavra arcaica não mais atinge as pessoas sérias dedicadas às pesquisas de ponta da consciência.
Sexochacra (sexo + chacra) – O chacra radical ou sexual básico da consciência humana. Expressão antiga relativa à EC deste chacra: kundalini (o fogo serpentino).
Sexopensene (sexo + pen + sen + ene) – A fantasia sexual; a unidade de medida do adultério mental, segundo a Conscienciometria.
Sexossoma (sexo + soma) – O soma considerado especificamente quanto ao seu sexo.
Sexossoma feminino afrodisíaco – O soma da mulher, considerado especificamente quanto ao sexo, quando em condições plásticas capazes de atuar como afrodisíaco. Veja Ginossoma.
Sexossomática – Estudo específico do soma quanto ao seu sexo, ou sexossoma, e suas relações com a conscin, seja o homem ou a mulher. É uma especialidade da Conscienciologia.
Sinalética parapsíquica – Existência, identificação e emprego autoconsciente dos sinais energéticos, anímicos, parapsíquicos e personalíssimos, ou que toda conscin possui.
Sociex (soci + ex) – Sociedade Extrafísica ou das consciexes. Plural: Sociexes.
Socin (soci + in) – Sociedade Intrafísica ou das conscins; Sociedade Humana. Plural: Socins.
Soltura do holochacra – Condição de liberdade relativa de atuação do paracorpo energético da conscin, em relação ao psicossoma e ao soma.
Soma – Corpo humano; o corpo do indivíduo do reino Animal, filo Cordata, classe Mamíferos, ordem Primatas, família Hominídia, gênero Homo, espécie Homo sapiens, o mais elevado nível de animal sobre este Planeta; apesar do exposto, o veículo mais rústico do holossoma da consciência humana.
Sonho – Estado consciencial natural intermediário entre o estado da vigília física ordinária e o sono natural, caracterizado por um conjunto de idéias e imagens que se apresentam à consciência. O sonho aflitivo que tem como efeitos a agitação, a angústia e a opressão durante
o seu desenvolvimento, recebe os nomes de: pesadelo; terror noturno; alucinação pesadelar.
Sono – Estado natural de repouso no homem e nos animais superiores que se caracteriza especialmente pela supressão normal e periódica da atividade perceptiva, da motricidade voluntária, e da vida de relação, pelo relaxamento dos sentidos e dos músculos, pela diminuição das freqüências circulatória e respiratória, e ainda pela atividade onírica; durante o qual o organismo recupera-se da fadiga.
Subcérebro abdominal – O umbilicochacra (centro de energia consciencial acima do umbigo), quando escolhido inconscientemente pela conscin, ainda de evolução medíocre, para sede de suas manifestações. O cérebro abdominal, pseudocérebro abdominal, ou subcérebro abdominal é a eminência parda do cérebro natural, encefálico (coronochacra e fron¬tochacra); um embaraço indefensável na auto-evolução consciente.
Subpensene (sub + pen + sen + ene) – O pensene carregado pelas energias conscienciais adstritas ao subcérebro abdominal, notadamente do umbilicochacra; a unidade de medida do subcérebro abdominal, segundo a Conscienciometria.

Tacon (ta + con) – Tarefa da consolação, assistencial, pessoal ou grupal, primária.
Taquipensene (taqui + pen + sen + ene) – O pensene de fluxo rápido, próprio da conscin taquipsíquica.
Tares (tar + es) – Tarefa do esclarecimento, assistencial, pessoal ou grupal, avançada. Plural: tarefas do esclarecimento.
Teática (te + ática) – Vivência conjunta da teoria e da prática por parte da conscin ou da consciex.
Telepensene (tele + pen + sen + ene) – O mesmo que homopensene.
Tenepes (t + ene + pes) – Tarefa energética pessoal, diária, multidimensional, com assistência permanente de amparadores, a longo prazo ou para o restante da vida intrafísica. Expressão popular: passes-para-o-escuro.
Trafar (tra + far) – Traço-fardo da personalidade da conscin; componente negativo da estrutura do microuniverso cons¬ciencial que a cons¬ciência ainda não consegue alijar de si ou desvencilhar-se até o momento.
Trafor (tra + for) – Traço-força da personalidade da conscin; componente positivo da estrutura do microuniverso consciencial que impulsiona a evolução da consciência.
Tridotação consciencial – Qualidade dos 3 talentos conjugados mais úteis ao conscienciólogo: a intelectualidade, o parapsiquismo e a comunicabilidade; tridotalidade consciencial.
Tritanatose – Desativação e descarte do psicossoma com a entrada da consciência do Homo sapiens serenissimus na condição de Consciência Livre (CL); terceira dessoma.

Umbilicochacra (umbilico + chacra) – O chacra umbilical (acima do umbigo) ou relativo à fisiologia e parafisiologia (abdominais) da consciência humana.
Universalismo – Conjunto de idéias derivadas da universalidade das leis básicas da Natureza e do Universo e que, através da evolução natural da consciência, torna-se inevitavelmente, a sua filosofia dominante; cosmismo.

Varejismo consciencial – Sistema primário de comportamento individual caracterizado pela ação através de atos conscienciais menores, isolados e de mínimo resultado produtivo ou efeito evolutivo magno.
Veículo da consciência – Instrumento ou corpo pelo qual a consciência se manifesta na intrafisicalidade (conscin) e nas dimensões extrafísicas (conscin projetada e consciex).
Verbação (verb + ação) – Interação prática do verbo e da ação no comportamento coerente da consciência; resultado da palavra ratificada pelo exemplo através dos testemunhos vividos pela conscin.
Vínculo consciencial – Ligação cosmoética, autolúcida, voluntária e policármica, entre o colaborador e uma instituição. O vínculo consciencial se situa além do vínculo empregatício.
Vírus da Socin – Qualquer trafar social na vida intrafísica da consciência humana.
Vivência pessoal (VP) – Experimentação prática, pessoal, direta, intransferível, da conscin em seu caminho evolutivo.

Xenofrenia (Grego: xenos, estranho; phrem, mente) – Estado da consciência humana, fora do padrão normal da vigília física ordinária, induzido por agentes físicos, fisiológicos, psicológicos, farmacológicos ou parapsíquicos.
Xenopensene (xeno + pen + sen + ene) – O pensene intrusivo do assediador nas ocorrências de intrusão pensênica ou assedialidade; a cunha mental; a unidade de medida do assédio interconsciencial, segundo a Conscienciometria.

Zoopensene (zoo + pen + sen + ene) – O pensene do animal subumano, sem autoconsciencialidade; a unidade de medida do princípio consciencial do animal subumano, segundo à Conscienciometria.

FONTE:  Dicionário de Neologismos da Conscienciologia

Baixe o Dicionário completo Aqui!